Contabilidade São João

Notícias

Setor de serviços representa quase metade dos empregos formais criados em 2021

Dados do Caged mostram recuperação do segmento, após dificuldades geradas pela pandemia

Um levantamento feito pela CNN, com base em dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), mostra que praticamente metade das vagas formais criadas no Brasil, em 2021, foi aberta pelo setor de serviços. Os dados foram compilados nesta terça-feira (1).

Em valores absolutos, os serviços foram responsáveis pela criação de 1.226.646 novos postos de trabalho em 2021. No mesmo período, levando em consideração todos os setores produtivos, o Brasil ganhou 2.730.597 vagas formais.

O saldo no ano foi de 20.699.802 admissões e 17.969.205 demissões. O número é o maior saldo positivo registrado para anos fechados de toda a série histórica do Caged, iniciada em 2010.

m 2021, analisando todos os meses, o número de vagas do setor de serviços só não cresceu em dezembro, quando foram perdidos 104.670 empregos formais. Já o melhor período do segmento foi registrado em agosto, com uma criação de 180.888 novos postos de trabalho.

O professor e economista do Ibmec, Christiano Arrigoni, explicou à CNN que o setor de serviços foi o mais afetado pela pandemia de Covid-19, mas, com a flexibilização e reabertura econômica, o setor vem crescendo. Ele ainda explica que o segmento é responsável por 60% de todas as transações financeiras no país.

“O setor de serviço representa mais de 60% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, e mais de 60% dos empregos. E é um setor bem heterogêneo, que vai desde cortes de cabelo, manicure, até serviços de transporte. Dentro dos segmentos, os serviços presenciais foram os mais prejudicados por conta da Covid-19. E conforme a pandemia foi diminuindo, eles voltaram a ofertar empregos”, destacou Christiano Arrigoni.

Na divisão regional, o Norte teve a maior geração percentual de vagas, com crescimento de 8,62%, enquanto o Sudeste teve a maior geração, com 1.348.692 novos postos. A menor geração percentual foi no Sul, com alta de 6,6%, e o Norte foi a região que abriu menos vagas, 154.667.

No acumulado de 2021, o salário médio de admissão ficou em R$ 1.921,19. O setor de Serviços foi o que mais contratou, com 1.226.026 novas vagas formais, seguido por Comércio (643.754), Indústria (475.141), Construção (244.755) e agropecuária (140.927).

Últimas Notícias

  • Empresariais
  • Técnicas
  • Melhores

Agenda Tributária

Período: Julho/2022
D S T Q Q S S
     0102
03040506070809
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Cotação Dólar